Este é “The Good Place”

Este é “The Good Place”

Bem-vindo!
Está tudo bem.

Algumas séries fazem sucesso porque são boas, outras porque acertam em cheio em proporcionar o que o público quer, outras porque tem um elenco de primeira. Têm aquelas que são excelentes porque trazem à tona um assunto importante a ser debatido. Têm também as que são tão surpreendes que todo mundo precisa e quer assistir. E tem The Good Place, que é tudo isso num lugar só.

A série é produzida por ninguém mais, nem menos, que Michael Schur. Você já leu esse nome em séries como Brooklyn Nine-Nine, The Office e Parks and Recreation. Nada mal esse currículo, não é mesmo?

O elenco de primeira é composto por Kristen Bell, Ted Danson, Jameela Jamil, William Jackson Harper, Manny Jacinto e D’Arcy Carden.

A história começa com Eleanor Shellstrop acordando e descobrindo que morreu e entrou na vida após a morte. Ela é informada por Michael, o responsável pelo recebimento de novos membros, que de devido a suas boas ações mereceu chegar no “The Good Place”. Eleanor nota imediatamente que houve um erro e que a confundiram com outra pessoa.

Agora ela está presa num lugar onde xingamentos não são permitidos (e nem pronunciáveis) e as pessoas são sempre boas. Eleanor fica no dilema de falar a verdade e ir para o “Bad Place” ou continuar fingindo.

Entre uma catástrofe e outra, Eleanor percebe que sua ida para o “Good Place” alterou alguma coisa e começa a se questionar se talvez não há outros como ela.

Cena de The Good Place

Mas sem querer dar spoilers demais e estragar a série pra você, eu vou falar de algo tão bom quanto The Good Place: o podcast sobre a série. O podcast, de mesmo nome, é produzido pela NBC, mesma emissora da série, e tem como host o ator Marc Evan Jackson que faz o personagem Shawn.

Já no primeiro episódio o programa traz informações curiosas sobre a série e consegue cativar o público sem fazer muito esforço.

Afinal quem é Michael Schur, além do currículo invejável? E de onde ele tirou a ideia de uma série que consegue falar de ética e filosofia de uma forma tão natural e engraçada? Como conseguiu que essa ideia maluca fosse aprovada? Como foi a decisão de atores e onde foram encontrados? Essas perguntas são respondidas nos primeiros 51 minutos do programa piloto. Não, eu não pretendo estragar a graça do episódio revelando as respostas aqui.

Com bom humor e informação esse podcast é um complemento perfeito para essa série altamente aclamada pelos críticos. Afinal, entre uma temporada e outra, nada melhor do que continuar no universo de The Good Place para não sentir tanta falta.


Você pode assistir The Good Place, a série, no Netflix; e ouvir The Good Place, o podcast, no seu player favorito.


Emanuele Spies é queer, fã incondicional de Carol, (2015 dir. Todd Haynes), e Cate Blanchett. Ouvinte assídua de Podcasts e apaixonada por tecnologia.