É, as férias oficialmente acabaram. Tá na hora de voltar com faculdade, escola, trabalho… o que fazer nesse primeiro final de semana depois do retorno da rotina? Aproveitar a folguinha, com certeza!

Nos cinemas

Essa semana estreia A Bruxa, que todos estão chamando de um novo clássico do terror. O filme, na verdade, tá sendo chamado de “o melhor filme de terror desde O Exorcista”. Isso é muita coisa, preciso conferir.

O Cinemark está exibindo essa semana na sua programação de clássicos dois filmes excelentes: Janela Indiscreta, uma obra-prima do Alfred Hitchcock, e A Hard Day’s Night, talvez o melhor filme estrelado pelos Beatles.

Confira a programação na sua cidade.

No teatro

Entrou em cartas em São Paulo o musical Meu Amigo Charlie Brown. Se você ainda não conhece alguns dos personagens mais influentes do século 20, é meio que hora de ir lá ver.

Entenda mais sobre a importância desses personagens no nosso especial.

Na TV, Netflix, MUBI e HBO Go

The Walking Dead tá começando sua reta final na temporada. Por enquanto, tá uma bagunça. Quando que a série vai voltar pros eixos? A gente só vai saber acompanhando. Vinyl melhora nesse episódio de domingo na HBO, e Girls está, talvez, na sua melhor temporada. Tá começando uma nova série na ABC, The Family, parece interessantíssima. A melhor coisa da HBO desde o final de The Leftovers, a série Animals já tá no quarto episódio. Assiste no HBO Go e jamais se arrependa.

No MUBI, um documentário sobre dança da Claire Denis tá disponível: Vers Mathilde não é pra qualquer um (não é pra mim, por exemplo), mas dá paralelos interessantes sobre a diretora Denis e a documentada, Mathilde Monnier. Jakub é um filme checoslovaco lindíssimo; e Pour Faire La Guerre é o meu filme favorito a estrear essa semana lá na cinemateca online.

No Netflix novos episódios de Better Call Saul todas as terças; melhor ainda: Zoolander foi adicionado recentemente, se não viu se divirta, se já viu mate a saudade; Amor Profundo, um belíssimo filme do Terence Davis, também entrou no catálogo. Outros destaques são Cosmópolis, O Homem Duplicado e Valente, que vale a revisão.

No Spotify

Kendrick Lamar, que lançou o melhor álbum do ano em 2015, lançou na madrugada dessa sexta um novo álbum. Assim, na surpresa (depois que a Beyoncé fez isso, parece que vai ser o padrão da galera). untitled unmastered são restos de estúdio, e vou passar o final de semana escutando. Pelo que eu já ouvi, continua o jeito excelente do Lamar de ser, sem o cuidado dele na “textura” de seu som, mas ainda assim muito bom.

No celular

Joguinho novo pra passar todo o tempo que estiver no trem/ônibus/helicóptero (não sei como tu te move no teu dia-a-dia): Alto’s Adventure. Talvez ele vire um post semana que vem no 🍞, dá uma jogada que é excelente.